SAMOIEDA

De origem siberiana, a raça foi desenvolvida por tribos nômades para exercer as  funções de pastor de renas, puxador de trenó e companhia da família. O Samoieda é o mais próximo dos cães primitivos, sem qualquer influência de lobos ou raposas.

 

A longa convivência com humanos o tornou compreensível e alegre, grande guardião, protetor feroz, mas não sem controle. Apresenta expressão sorridente peculiar que os cinófilos chamam "Sorriso do Samoieda". Como cães de trabalho, os Samoiedas foram insuperáveis nas expedições do Ártico e Antártida. Uma matilha de Samoiedas conseguia arrastar trenós com suprimentos que chegavam a superar o peso somado dos cães em uma vez e meia.

Os primeiros exemplares chegaram à Inglaterra há menos de 100 anos e, atualmente, são vistos em todas as exposições. É um cão de características nobres, até mesmo quando filhote, sendo chamado de "Ursinho de Pelúcia". Além disso, é um grande huardião, gentil, bom, forte e muito adaptável.

No Brasil, as exposições nacionais já contam com um bom número de exemplares nas apresentações.

A Rainha Alexandra era grande admiradora da raça e os descendentes de seus cães são encontrados hoje na maioria dos canis Ingleses e Americanos.

 

 

 

CARACTERÍSTICAS

 

PAÍS DE ORIGEM: RÚSSIA

UTILIZAÇÃO: TRAÇÃO DE TRENÓS PARA CARGA E COMPANHIA

TAMANHO: 50 A 60CM

PESO: 20 A 26 QUILOS

ASPECTOS GERAIS: O PORTE É MÉDIO, CORPO MODERADAMENTE CURTO, MUSCULADO MODERADAMENTE CURTO, MUSCULADO, SUBSTANCIOSO E RESISTENTE.

PELAGEM: DUPLA, COM SUBPELO, MACIO, CURTO, ESPESSO, CERRADO E LANOSO, E O PELO É MAIOR E MAIS ÁSPERO, RETO E ERIÇADO. FORMA UMA JUBA MAIOR NOS MACHOS, EM TORNO DO PESCOÇO E OMBROS. A COR É BRANCA PURA, BRANCA E BISCUIT, CREME E BISCUIT OU TODO BISCUIT.

LONGEVIDADE: 10 A 12 ANOS

TEMPERAMENTO: ALERTA, FORTE, ÁGIL, COMPANHEIRO, FIEL, DIGNO E GRACIOSO.                                      

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom